E porque as aulas vão começar...

Hoje, Manelinho batia um recorde. Quebrava o reinado mais longo de não comparecimento naquela disciplina. Ao entrar na sala, a professora interpela-o.

- Bons olhos o vejam! O que é feito de si, para não comparecer nas minhas aulas?

- Duas palavras, professora: Motivos - sobe o indicador - pessoais.

- Muito bem... posso saber ao que se refere?

- Claro, não gosto de si - senta-se calmamente - Sentiu saudades minhas? - ironiza.

Os olhos, sentados na sala, viram-se
todos a si num relance. A discórdia reina na
turma, perante o confronto. Bem, o certo é
que o
Manelinho hoje veio. A
professora
não se pode queixar.

Comentários

-Joana disse…
Ahahah, muito bom! :')
Otário disse…
soltar o que se me vai n'alma...
digital-infor disse…
Quem fala assim não é gago ...
Otário disse…
e quem escreve assim não tem artrite...
Gertrudes disse…
Olá Otário
Estive a ler o seu texto com muito carinho e atenção, será que é mesmo assim?
Felicidades
Isa GT disse…
Se não tiveres garantido um lugar na Empresa do pai, um secretariado a um tio deputado, o melhor é levar o estudo muito a sério porque por vontade de muitos que por aí andam quanto mais burros ficarem os jovens, mais fácil será manipulá-los no futuro ;)))
Ainda tens a liberdade de escolha, mais tarde... poderá ser tarde demais.

Bjos
Ritinha disse…
Gostava de ter a coragem do Manelinho... Grande Manelinho :D
Flower disse…
Ola. Tenho um selo para ti, no meu blog, passa por la para ires buscá-lo ;)
Olga disse…
A escola é uma tortura, mas quando se chega ao mundo do trabalho é que se sente a verdadeira tortura.
Otário disse…
eu prefiro ficar na cama.

Ho, que lindos textos, que poético, que lindo!