13/06/12

O anão que não respeitava as minorias

Olá meus rebentos de soja! Estive aqui a pensar como seria um gigante com medo das alturas: ao olhar para o chão ficaria logo mal disposto? Uma vez, tive uma amiga colorida, que morava lá para cima, e acabámos porque ela não suportava as minhas vertigens. Ela é preta e agora anda com um anão que não respeita as minorias e lhe bate todos os dias abaixo da zona do umbigo. Ela por vezes ameaça-o de ir à polícia mas o anão consegue sempre cegar a meio-termo. Coisas da vida. Quanto a mim, eu não faço dieta. Eu sou a dieta. Os nutricionistas deviam ter um regime alimentar com o meu nome. A propósito, irei estar presente na Assembleia Geral da Associação de Apoio ao Estudante Africano, comer Cachupa e tal, onde fui convidado a declamar um texto meu. Talvez veja por lá umas pretinhas, como se a minha vida já não tivesse negra o suficiente... *****