Foi desta! Já posso declarar que o meu quarto está, desde sexta-feira à tarde, oficialmente limpo, arrumado e totalmente organizado.
Ao longo destas férias, aspirei o chão cerca de 5 vezes, ordenei as minhas colecções (de selos, moedas, maracadores de livros e de calendários de bolso) e passei a limpo todos os rascunhos de textos poéticos, que tinha escrito no ano anterior, para a minha agenda. Desviei móveis e, como irmão mais velho, aspirei também o chão da sala, arrumei cada peça de loiça lavada no seu canto respectivo e o mesmo com a roupa pendurada no estendal. Só não encerei o chão nem passei a roupa a ferro ('era só o que mais me falatava!').

Agora, que as aulas vão começar, o tempo já escasseia e os dias tornam-se mais curtos, é uma maravilha não ter tanta disponibilidade para voltar a realizar estas tarefas novamente com a mesma motividade. E o pó vai-se acumulando novamente, tal como acontecia nos anos anteriores, o material escolar vai preencher os poucos espaços vazios que restam na minha divisão da casa e, no final desta etapa escolar, lá vão ter de ser feitas mais umas arrumações. Parece que a vida vagueia entre duas actividades: estudar (trabalhar) e arrumar. E não sei qual delas me agrada mais. Não sei sequer se me agrada qualquer uma das duas.

Como costuma dizer o outro 'banano', faço das dele as minhas palavras:
'Não me apetece fazer nada'.

Comentários

Ritinha disse…
eu tb faço colecção de marcadores de livros xD
Tá-se bem! disse…
ahahahah e continua arrumado!? :)
Pauwinha disse…
Também faço colecção de marcadores de livros. =) parece que é uma prática recorrente.

Ho, que lindos textos, que poético, que lindo!