25/05/09

Amílcar d' Almeida
(maldição testicular)
Imagem retirada daqui!

09/09/1969, Amílcar d' Almeida nascia, com pénis na cara, maldição lançada por um inimigo do seu avô, já o seu pai tinha nascido com os ouvidos no rabo e não deixava de usar calções de banho nas suas raras idas à praia e não deixava de se envergonhar pelo som ensurdecedor nas suas idas ao WC.


Diz, quem o conhece, que Amílcar é a encarnação do mal, que a explicação se encontra na simbologia dos números e diz, quem não o conhece, que Amílcar tem relações homosexuais com o Diabo. E diz, quem lhe quer mal, que o Diabo é travesti e usa saias e Amílcar tem gostos pouco peculiares. E dizem todos que Amílcar d' Almeida é um nome extremamente estúpido e de difícil pronunciação se repetido num período de longa duração; e que os pais eram demá ralé e pouco se importavam com o rebento. E todos, de uma maneira ou de outra, o consideram satânico, talvez pelo seu olhar escuro e tenebroso, protagonizado por uma sombra, é difícil viver quando uma simples festa no rosto conduz a uma ereção.

E chora quando rejeitado nas entrevistas de emprego, recusando-se a mudar de nome ou fazer uma cirurgia plástica, soluções eventualmente apontadas.
E receia a mudança das estações e uma eventual constipação.

E sonha encontrar o amor da sua vida,
renovar a sua desastrosa vida amorosa:
uma mulher com vagina no rosto que, no caso de querer
ter filhos, não o obrigue a assistir ao horripilante nascimento.


OT
--------------------------------------------------------------------------------
E agora, respondendo ao desafio de Ritinha,

Regras:
1. Publicar a imagem do selo e linkar o blogue que passou;

http://asetadocupido.blogspot.com/


2. Escolher 5 situações na tua vida que mereciam ser repetidas em câmara-lenta;
Situações:
* nono ano... foi deveras espectacular. Tirando os 1º's exames :)
* a 1ª vez que provei diospiros
* a 2ª vez que provei diospiros
* todas as passagens pelo Algarve nas férias
* conhecimento de Nascimento
E a 3ª vez que provei diospiros...

well... cá o Otário repassa este prémio a ti, que me lês, porque és muito boa pessoa!
E o Otário gosta de pessoas boas!!!