23/06/10

Frankly, my dear, I don't give a damn


Ai, o meu coração bate mais quando estás aqui comigo.
Pois, mas isso deve ser da tensão alta, o amor não deve fazer essas coisas.
O coração devia era bater menos, era prova que estavas mais descontraída, mas tu não vês essas coisas porque és parva! Lá por eu estar perto da tua pessoa isso não me leva a querer ter uma hemorragia, e nem ouses pensar que teria um AVC por ti! Posso até sonhar contigo, e estares constantemente nos meus pensamentos mas, pá, há limites! Não daria nem a ponta do meu dedo mendinho, mas isto agora é o quê? Um SAW do romantismo? Antes prefiro passar uma semana a beber do meu próprio mijo! E se a sinceridade não é uma prova de amor, então peço desculpa por tudo isto. Vais ter de perceber que a verdade é cruel, mas não deixa de ser verdade; e não vou deixar crescer as unhas dos pés só porque tu tens fetiches estranhos! Mas estamos aonde? Daqui a pouco vais pedir-me que te massaje as costas, não? Era só o que mais faltava... eu sei que o Benfica é campeão, mas menos, menos... não exageremos.