10/06/10

Uma permanente, ó se faz favor!

acho que viver é desenhar sem borracha, escreve marília gonçasves,
a habitar aqui!. Concordo, não imagino aqui opções. A vida é um
progresso sem retorno, por isso a reflexão antes de cada acção.
Agora, o tamanho do papel depende da força de cada um.