20/02/12

01H09 a.m.

Só me apeteceu ligar-te para te mandar à merda, mas sinto que ainda tenho algum respeito por ti. O tempo que perdi contigo, quando me chamavas e eu ia... Tenho criado nos últimos meses uma raiva à tua pessoa, desde a última vez que te confessei saudades. Porque, a meu ver, te tornaste numa pessoa aparente, ilusória e falsa. E acaso o destino nos una novamente numa qualquer rua, espero ter a força suficiente  para te virar as costas.