29/02/12

12:H22 p.m.

Só para que saibam que tenho de ir para a puta da sala 2.12 o mais depressa possível e estou a escrever num teclado antigo com teclas presas. Esta faculdade, esta faculdade, é um poço de cultura! Estas japonesas ou vietnamitas, chinesas, talvez coreanas que por aqui andam... e angolanas, e toda a gente, isto é um poço de cultura, bendita globalização! Eu não dormi esta  noite e sinto-me mais desperto que tivesse dormido meio dia, estava para perder forças e ir abaixo na aula de cinema o que seria um belo filme, mas não consegui tirar os olhos da jovem que estava ao meu lado, só por isso não ensonei. Óculos e decotes, e filmes a preto e branco em salas escuras... não sei se tenha fome ou sono, hoje não sei que fazer, tenho aulas das 8 a.m. às 8 p.m., vai ser bonito vai. Eram cinco da matina e eu estava a dedicar um poema a um rolo de papel higiénico... sou um gajo estranho porra. António Mascaranha: memorize that name.