08/03/10

Está nas suas mãos ajudar o Otário
nos SuperBockSuperBlogAwards!


Para tal basta votar aqui:

--> VOTAR
Faça um Otário feliz,
Vote hoje mesmo!


||imagem Google||

Uma coisa que acho absolutamente extraordinária é o facto de, nas novelas de vampiros, alguns dos actores que representam os humanos, mesmo sendo humanos, não conseguem desempenhar bem o papel. Eu, se, realmente, fosse vampiro, sentia-me deveras incomodado com toda esta atenção que me tem sido dada. Para lá de não poder fazer o amor, porque sou vampiro, de não poder comer convenientemente, porque tenho estes dentes afiados, de não poder dar o meu máximo nas maratonas, porque sou deveras rápido e topavam-me logo, de ter de andar vestido de preto o dia todo (ainda não sei como é que os humanos não entenderam que sou vampiro, e que tudo o que se mexe com roupa preta é vampiro), ainda tenho de voltar a casa, sentar-me no sofá e ver-me representado na tv. Isto é perseguição! É um ultraje!

Epá, vaiam chatear as sereias! Ou os duendes!
video
||Jorge Palma#Espécie de Vampiro||
vídeo retirado daqui

Porque os vampiros, a meu ver, não passam de uma imitação barata do
Peter Pan. Simples copy paste! Não crescem e voam. A única diferença é
que, pronto, os vampiros gostam de beber sangue. Têm esse fetiche. Mas
o Peter Pan também andava lá metido com as fadas e eu não vejo ninguém
a pegar nesse argumento para realizar uma novela.
E depois do Diário dos Vampiros? O Bloco de Notas dos Vampiros? O Caderno com argolas dos Vampiros? A folha A4 dobrada para apontamentos dos Vampiros? Ou mudar-se-ão estas histórias para um formato como a Anita? Do tipo 'O Vampiro vai às compras', 'O Vampiro foi ao Estádio da Luz', 'O Vampiro e a festa de pijama'... veremos.

||Inquérito de Carnaval,
obrigado a quem votou
||