Justin Bieber + Explosivos = CAPUMPUM yupi

Olá gente que disponibiliza tempo a ler as minhas publicações! Adoro-vos. Não, não se inibam, eu ando numa de ser verdadeiro com as pessoas; talvez retorne à meditação ou comece a violar choupos, não sei, adoro a natureza, as árvores, o ar gaseado na saída da FLUL. Ah... como é bom ter os pulmões semi-negros ou cinzentos escuros! Adoro ser fumador passivo. Não gosto é de ti. Quer dizer... há coisas que gosto em ti, mas de ti não gosto. Se eu pudesse mudar as coisas que gosto em ti e colocar noutra pessoa que gosto mas que não tem coisas eu eu goste seria fantástico. Seria como ter 2 coisas numa pessoa mas aturar só uma pessoa. Bah... ninguém me entende. Parece que tenho incontinência na cabeça, só saem pensamentos inesperados, sempre a sair, sempre a sair, parece o meu dinheiro, sempre a sair. Comprei um livro do José Luís Peixoto, fui a lê-lo enquanto caminhava para a aula e digo-me 'Isto é magnífico, adoro este homem! uau adoro isto!', vou a ver, olho para o lado, está uma gaja a mirar-me como que a dizer 'Mas quem é este idiota a falar sozinho no meio da Cidade Universitária?'. Sou eu, mas quer dizer... eu estou a ler um livro do Peixoto, e tu estás a olhar para idiotas que falam sozinhos na rua... quem é o maior idiota aqui? O Paulo Futre, claro. Estou farto daquele homem. Ai, meu Anjo da Guarda...

Comentários

El Matador disse…
Lê o Gonçalo M. Tavares, é mais o teu estilo, o Peixoto é muito mellow yellow.
Otário disse…
já li o 'aprender a rezar na era da técnica'...
pinguim disse…
Eu postei esta semana sobre o último livro que li do Peixoto.
Já tentei o Gonçalo M. Tavares e não consigo lê-lo.
Ritinha disse…
A propósito desse título:
http://www.youtube.com/watch?v=kspPE9E1yGM
Otário disse…
o.O o que andas a ouvir!
muy bien!!!! me encanta (:
Haha achei piada a este post. Esta coisa do "otário" tem piada.
Eu queria ler um livro do peixoto, uma casa na escuridão, comecei a ler um livro qualquer dele e não achei nada mau :D
Otário disse…
Estou apaixonado pelo Peixoto. Fiz um achado, um livrito dele numa feira do Oriente, baseado num álbum de 2003 dos Moonspell. Um mimo.

Ho, que lindos textos, que poético, que lindo!