Divagações 17: Otário, o visionário!


Ando a pensar em remodelar a minha vida, mas nunca fui bom em projectos. Tenho o meu quarto para arrumar mas esqueço-me de me lembrar disso. Se um dia tiver filhos sou bem capaz de os deixar à porta da escola à minha espera. Dia 04/02 terei 21 anos. Isso quer dizer que daqui a +21 farei 42 e daqui a 42 uns 63 e daqui a 63 farei uns 84 e daqui a 84 já farei uns belos de uns 106 e daqui a 106 farei 127 e serei certamente o idoso mais forte da minha geração. O Manoel de Oliveira já não estará entre nós. Ahhhh... o tempo! Esse animal que nos come quando comemos o pequeno-almoço e jogamos ao pião! Deprimo-me com aniversários: é quando costumo fazer a barba. Normalmente faço a barba uma meia dezena de vezes por ano, normalmente quando estou deprimido. Ou então quando vejo uma velha e ela me diz estás tão grande, um homem com barba e tudo!, isso faz-me sentir velho. As velhas fazem-me sentir velho. Não gosto de velhas, são feias e têm artrose. Seria imbecil chamar 'vaca' a uma velha com artrose. E dar post-its a um amnésico, isso sim, seria absurdo. Enfim, não sei o que escrevo. Mas faz sentido na minha cabeça. Tal como o Djaló faz sentido no Benfica. Sim, fiz a barba e não me cortei, pela primeira vez na história da minha vida medíocre. Não me cortei, mas vou ter de cortar nos meus gastos porque ando a ficar sem dinheiro e tenho propinas para pagar. O 2º semestre começa daqui a coisa de 1 semana e confesso que estou um pouco entusiasmado com as cadeiras em que me inscrevi: eu fico sempre assim antes das coisas começarem, mas depois é o desastre. Mas calma, vivamos com calma... a vida é muito stressante para quem vive com stress. Mas estar vivo é sempre bom. Nunca queiras morrer de uma morte matada. Estar morto é uma chatice, nem podes suspirar de tédio. Por exemplo, Ah Fuuu (suspiro), 'tou morto, que chatice!. Isso é impossível, os mortos não têm ar. Quer dizer, têm ar de mortos. Mas isso não lhes serve de nada, coitaditos.

Comentários

El Matador disse…
21 anos, és quase um dinossauro, já podes beber cerveja na América.

Alegra-te mancebo.
guida disse…
Isso é que é remodelar a tua vida, oh Sr. Otário?? :) Vá, não seja tão negativo e remodela lá o seu espírito! :)
Ritinha disse…
Também odeio fazer anos --'
Briseis disse…
Otário querido, fazer anos é uma bosta... Parece que a nossa cabeça conspira contra nós e teima em fazer um balanço e novos projectos ambiciosos, mesmo que nós não sejamos muito dados a essas paneleirices... Portanto, não te rales. Quando te sentires com essas crises existenciais, vem aqui dizer alguma coisa, que a malta logo te exorciza das ideias disparatadas... =)
Luzinha disse…
21??? Só... Pensei k fosses mais velho k eu!! :O
Pauwinha disse…
Ai rapaz, tu fazes-me rir tanto! Eu também tenho a minha fase pré- ou pós aniversário em que me sinto assim, mas tenho de confessar que adoro fazer anos, o que é um pouco egocêntrico da minha parte, devo admitir :P Parabéns, by the way! ^^

Ho, que lindos textos, que poético, que lindo!