10/07/12

Filetes de Pescada congelados


Decidi escrever aqui, hoje, somente pelo título deste post. Surgiu-me, num momento de introspeção, enquanto descansava na minha cama. Por vezes há destas coisas, parece que é deus que nos enfia certos pensamentos na cabeça, como se fossemos uma alheira cheia de carnes de porcos decepados. E, de facto, é um título digno, não creio ter sido utilizado noutro blog qualquer. E pensar que para este título surgir eu tive de nascer. E os meus pais tiveram de se conhecer e exercer funções sexuais num espaço incógnito. E saber ainda o quão ocasional é o encontro entre duas pessoas. E quão ocasional é a origem de um novo ser específico, a união de um determinado espermatozóide no óvulo de uma mulher naquele espaço de tempo mais pequeno que um segundo. Se pensarmos bem, esta publicação é um milagre da criação. Meu deus, tanta história atrás deste título! Quantas tortas de judeus, quantas grávidas esventradas não é Roman Polanski? É realmente estupendo o facto de me encontrar ainda vivo ao ponto de conseguir deixar aqui estas palavras. Sinto-me como se tivesse avistado um ET ou deus ou, sei lá, o fim do arco-íris... Sinto-me realmente bem, mas podem ser só gases. Nunca se sabe. Mas estou realmente feliz. Podia morrer agora e ser cremado, que nem me fazia pó.