A MotherFoca Christmas for all the Motherfuckids

El Noel is coming à cidade y yo voy comprar uns movies de terror a la Fnac. Volkswagen. Sou mesmo bilingue pá. Mesut Ozil. Até me surpreendo! Bem, chega a altura de fazer uma introspecção deste ano, já que 2011 está a bater a bota. E que estranho ano que foi! Bem, para começar, dia um 01/01 calhou num Sábado, o que é sempre bom. E dia 31/12 termina num Sábado também, o que é coisa de piscar o olho ao Diabo. Diabo esse que ainda não se nos acabou com o mundo, como previa Nostradamos, mas que se nos vai acabar com uns feriados e uns preciosos momentos de estar com os pés em cima de uma cadeira e com um controlo remoto na mão a assistir a canais da Sportv. 2012 está aí a mostrar o braço, e o Natal a bater à porta, e eu vou puxar o meu pénis cá para fora porque tenho de ir urinar. Estão-se-me a passar uns flashbacks deste ano, como se estivesse a morrer pá: tive um emprego durante mês e meio, aquela mulher atirou-se-me a mim, ganhei o amor à cerveja e cometi um acto dissimuladamente infantil com aquela jovem que me cortou relações. Não sei, entretanto, para onde vou, ou o que hei-de fazer da minha vida, só espero que te vás lixar-te e que um bando de gaivotas devoradoras de pele te devorem essa cara que já nem posso ver à frente. And i think i'm getting fat. De outra perspectiva acho que vejo as coisas de outra maneira... a vida realmente é genial quando estamos a dormir, bêbados, ou inconscientes e não conseguimos pensar nela: tenho o dom incrível de estragar tudo à minha volta e nisso não há volta a dar. Às tantas tenho começado a pensar se não serei demasiado egocêntrico, porque realmente gosto muito de mim. No outro dia, aliás, ontem, encontrei-me ali no parque e convidei-me para um café, pronto, paguei, como cavalheiro, e fiquei um pouco excitado, vou confessar, quase me pedia para fazer amor comigo... mas sou um bocado envergonhado. Depois despedi-me, dei-me um aperto de mão e foi cada um para sua casa, eu para a minha, e eu para a minha. Espero, do fundo do meu ser, que continue a ser assim... aquele eu, realmente, é um moço simpático. Feliz Navidad!

Comentários

El Matador disse…
Ganhaste amor à cerveja, foi um bom ano então.
Tens a vantagem que esse teu novo amor nunca te largará de livre vontade. Um abraço, pá, e se Nostradamus não lixou isto tudo os Maias conseguirão! FELIZ NATAL!
Me disse…
AHAHHA, olá Otário,
não há posts como os teus em toda a blogosfera de facto! Tens mesmo um dom para, hmm, ser otário, mas até me parece uma otarice boa, por isso tásse bem XD.
Gostei especialmente da última parte em que tiveste um encontro contigo.

Pois, parece mesmo que 2011 já está a acabar e se formos a ver, o que é que nos fizemos? Nada, niente, nickles, grande merda diga-se. Secalhar era de escrever uma lista de coisas a fazer para 2012, não sei, talvez para se ter um objectivo, é que dá maneira que isto está, uma pessoa não tem mesmo moral para fazer algo que seja :S.
Me disse…
Em relação ao teu comentário, sim, concordo mesmo. Há alturas que são mesmo boas e então era fixe que pudéssemos pegar no comando e fazer com que durasse para sempre, assim como o contrário. Mas ainda não inventaram comandos desse, só o Adam Sandler no "Click" é que teve essa sorte, nós por enquanto contentamo-nos com o que temos.

E umas boas festas para ti também, de preferência muito otárias XD.
mythic disse…
texto bilingue ?rapaz , tu fazes da língua ao que te apetece ....
► JOTA ENE ◄ disse…
ººº
Excelente narração algo pertubadora para o meu tico / teco, lol

Abraçooooo !!!
Otário disse…
Cara Me, quando a mim, cara Me, sei que vou mudar em 2012... não preciso de fazer listas, mas tenho ambição em mudar em dois aspectos. Em 2012 direi, quando retornar em Janeiro!
Feliz Natal a todos vós meus caros!
Fê-blue bird disse…
Otário :)) passei a ser tua fã, o que eu me ri com o teu post já me fez ganhar o dia ou melhor a noite :))
Feliz Natal!

bjs
Ritinha disse…
Filmes de terror não prestam :P
Quando estamos bêbados a vida é de facto genial.

FELIZ NATAL!
Otário disse…
prestam sim jovem Rita ;)
Feliz Natal!!!!!!
Briseis disse…
Balanço positivíssimo, Otário querido. Felicito-te... já eu, tou mais ou menos na mesma...quer dizer, acho que gastei mais dinheiro em matrecos, bilhar e ténis do que o habitual mas nem por isso melhorei a minha destreza em nenhuma destas actividades. =)
Aprenderes os prazeres da cerveja dá jeito, pk é sempre a bebida mais barata em todas as festas... If you think you're getting fat, use the mirror at the gym,it always makes you look more elegant.
Quanto à parte do egocentrismo, sei do que falas. Been there, done that. E gosto! =)
. disse…
"a vida realmente é genial quando estamos a dormir, bêbados, ou inconscientes e não conseguimos pensar nela..."

Concordo com você...

Adorei a autenticidade da tua narrativa! No fim das contas, convidar-se para um café é sempre uma boa opção.

Que 2012 dê muitas voltas a teu favor!

Um abraço,
Ane

Ho, que lindos textos, que poético, que lindo!